O livro “Le mariage de Figaro”, escolhido para o clube de julho, é uma das muitas obras que contribuíram para a Revolução Francesa de 1789.

Clube julho

Durante o mês de julho, a Embaixada da França, Consulado Honorário da França e Aliança Francesa de Belo Horizonte realizam o Festival Liberté, momento em que a capital mineira entra no clima francês com diversas atrações envolvendo música, exposição, encontros de cinema e de literatura, entre outras atividades culturais para celebrar a Revolução Francesa e o seu marco na história mundial.

Por isso, pelo segundo ano, toda a programação é virtual e 100% gratuita para o público. Saiba mais em: aliancafrancesabh.com.br

O livro escolhido para os debates relacionados ao Festival Liberté 2021 foi Le maria de Figaro que está disponível na plataforma digital Culturethèque. Para se inscrever basta entrar no site e clicar no link SE CONNECTER , e em seguida em S’INSCRIRE. Na lista das bibliotecas do formulário, escolher “Biblioteca da Aliança Francesa de Belo Horizonte”.

Em caso de dúvida segue um rápido tutorial. O acesso será liberado gratuitamente por 03 semanas.

Nas “Bodas de Fígaro” um conde (casado) tenta atrapalhar o casamento de um servo e se dá mal. Não por acaso essa comédia transpira uma mentalidade tão antiaristocrática quanto à própria Revolução Francesa (1789) que explodiu cinco anos depois da estreia da obra (1784). A obra é uma comédia vibrante, que revela as tensões entre aristocracia e burguesia às vésperas da Revolução Francesa.

Personalidade contraditória, Beaumarchais viveu na Corte francesa da segunda metade do século XVIII época em que os abusos da aristocracia absolutista gestavam as condições para a eclosão do movimento revolucionário produzindo peças que se incorporaram definitivamente ao repertório da literatura teatral. 

Já a opera Le Nozze di Figaro / As Bodas de Fígaro, baseada na obra “Le mariage de  Figaro”, é uma das obras-primas do repertório de Mozart. Com sua estreia em Viena, três anos antes da Revolução Francesa, é possível dizer que As Bodas — com suas críticas ao poder estabelecido, ou seja, à nobreza — capturava bem o espírito da época.

O festival tem como tema a Liberdade, que faz parte de um dos lemas principais da França “Liberté, Égalité, Fraternité”, que também figura a bandeira de Minas Gerais, inspirada na Revolução Francesa. Todos os anos a Aliança Francesa realiza uma série de atividades em julho em função da Festa Nacional Francesa, celebrada na França em 14 de julho, data da Queda da Bastilha.

O evento é promovido pela Embaixada da França, Consulado Honorário da França e Aliança Francesa de Belo Horizonte. Conta com o apoio do Centro Cultural Unimed-BH Minas, da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, por meio do programa Assembleia Cultural, e da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais.

Para participar do clube e necessário fazer inscrição por meio do email mediateca@aliancafrancesabh.com.br . O evento é inteiramente em francês, sem tradução simultânea.

Clube do Livro “Lire et s’inspirer”

Data: 26 de julho, das 19h30 às 21h

Publicado por: mediateca@aliancafrancesabh.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.